Congresso Científico do Unar recebe mais de 120 trabalhos e vencedor terá prêmio de R$ 8 mil

Congresso Científico do Unar recebe mais de 120 trabalhos e vencedor terá prêmio de R$ 8 mil

 

Evento acontecerá de 16 a 18 de novembro, com palestras e apresentações de trabalhos científicos nas áreas de Engenharia e Ciências Agrárias, Humanas e Sociais Aplicadas

 

            O Unar (Centro Universitário Dr. Edmundo Ulson) realiza na próxima semana a 9ª edição do Congresso Científico: Integração dos Saberes, de 16 a 18 de novembro, com palestras gerais e específicas, e as sessões de apresentações dos trabalhos técnicos.

            Ao todo foram 121 trabalhos aceitos pela comissão organizadora, de diversas instituições, além das cerca de 250 pessoas inscritas, podendo ter mais até o dia do evento. Os interessados que desejam participar e receber certificados devem se inscrever através do site do Unar (http://unar.edu.br/congressocientifico/).

            O trabalho classificado em primeiro lugar receberá o prêmio de R$ 8.880,30, da Bolsa Santander 2016, para viagem internacional com fins educacionais e culturais. A escolha do trabalho vencedor será posterior ao Congresso, com uma pré-seleção dos melhores – seus autores serão convidados a produção de um artigo científico completo da Revista Científica do próprio Unar.

            O objetivo do Congresso é reunir estudantes de graduação e pós-graduação, profissionais de ensino, pesquisa e extensão dos setores público e privado, para apresentação dos avanços científicos e tecnológicos, formação de grupos de trabalho, difusão de conhecimentos e discussão sobre novos temas de pesquisa e inovação.

            Outro objetivo do Congresso é servir como um fórum de discussão interdisciplinar sobre os principais conhecimentos e oportunidades de pesquisa, aumentando o intercâmbio de conhecimento e a parceria em projetos conjuntos.

            A edição deste ano do Congresso Científico do Unar conta com importante patrocínio do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), órgão federal de fomento para pesquisa. O Unar participou de uma chamada do CNPq de apoio a esse tipo de evento, concorreu com várias outras instituições públicas e privadas e acabou sendo contemplado.

            O Congresso é organizado pelo próprio Unar, que formou quatro comissões específicas: Comissão de Organização, Comissão Científica, Comissão Editorial e Comissão de Apoio. A Comissão de Organização é formada pelos professores doutores José Marta Filho (vice-reitor) e Leonardo Pires Boava (presidente do Congresso), e pelo mestre Wdson de Oliveira (pró-reitor administrativo).

            “A programação técnico-científica será abrangente e participativa, prevê discussões sobre as quatro grandes áreas do conhecimento científico, com a proposta de integrar os diversos segmentos da ciência na busca de soluções para as problemáticas atuais”, comentou o presidente do Congresso Científico, Dr. Leonardo Pires Boava, também docente do curso de Engenharia Agronômica do Unar.

 

 

Palestras serão variadas

            As áreas envolvidas no nono Congresso Científico estão ligadas aos cursos oferecidos pelo Unar, tanto presenciais como em EaD (Ensino a Distância). São quatro áreas: Ciências Agrárias (Engenharia Agronômica), Ciências Sociais Aplicadas (Administração, Arquitetura e Urbanismo, Direito, Gestão de RH e Logística), Ciências Humanas (Artes Visuais, Filosofia, Geografia, História, Letras, Pedagogia e Sociologia) e Engenherias (Engenharia Civil e Engenheria de Produção).

            Serão três palestras gerais nos três dias do evento, com início sempre às 19h, no anfiteatro do Unar. A partir das 20h começam as palestras por áreas específicas, e às 21h tem início as sessões orais de apresentações dos trabalhos inscritos em salas pré-determinada – em seguida apresentação na forma de poster dos trabalhos inscritos.

            No primeiro dia do evento, dia 16, haverá a cerimônia de abertura, e em seguida o palestrante Dr. Dirceu de Mattos Júnior vai abordar o tema “Pesquisa e Inovação Tecnológica no Estado de São Paulo. Mattos possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1990), mestrado em Solos e Nutrição de Plantas pela Universidade de São Paulo (1993) e doutorado em Soil And Water Science - University of Florida (2000).

            Atualmente ele é pesquisador científico nível VI do Instituto Agronômico (IAC). Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas, atuando principalmente nos temas: nutrição de plantas, uso e eficiência de nutrientes na agricultura, análises químicas, manejo da fertilidade do solo, uso de isótopos, qualidade de frutos e citros. É docente do curso de Nutrição Mineral de Plantas do programa de pós-graduação em Agricultura Tropical e Subtropical do Instituto Agronômico e Coordenador da Área de Agrárias e Veterinária da FAPESP; e presidente da Sociedade Internacional de Citricultura (2013-2016).

 

Palestras gerais do Congresso Científico

 

Dia 16/11 – Quarta-feira

Tema: “Pesquisa e Inovação Tecnológica no Estado de São Paulo”

Palestrante: Dr. Dirceu de Mattos Júnior - Centro Apta Citros/IAC

Local: Anfiteatro do Unar, 19h

 

Dia 17/11 – Quinta-feira

Tema: “Direitos Autorais: O que é considerado plágio no trabalho acadêmico e artigos científicos”

Palestrante: Mestre João Augusto Cardoso – UNICAMP

Local: Anfiteatro do Unar, 19h

 

Dia 18/11 – Sexta-feira

Tema: “A Aplicabilidade da Pesquisa Científica”

Palestrante: Dr. José de Souza Rodrigues – UNESP/Bauru

Local: Anfiteatro do Unar, 19h

 

_________________________________________

UNAR (Centro Universitário Dr. Edmundo Ulson)

Célio Casarin – Jornalista – MTB 26.760 - Contato: Cel 98141-5279

10/11/2016